ETAPAS DE ESCOLARIZAÇÃO

EDUCAÇÃO INFANTIL

Na Educação Infantil, proporcionamos um ambiente seguro, acolhedor e estimulador, adequado ao desenvolvimento dessa faixa etária. Cuidamos de uma forma especial de cada criança, respeitando o seu tempo e sua individualidade.

 

O trabalho pedagógico é devidamente diversificado e organizado proporcionando diferentes estratégias, levando-as a obter uma aprendizagem significativa através do lúdico, garantindo o desenvolvimento da socialização, a oralidade, o psicomotor e da independência.
 

Os grupos participam de rodas de conversa, hora da história, brincadeiras e jogos, atividades gráficas, cuidado com pequenos animais, com pomar e horta, experiências culinárias além de encontros com profissionais especialistas em psicomotricidade e música.
 

Nossa proposta incorpora as contribuições teóricas de pesquisadores da área chamada co-interacionismo, contribuindo para o acompanhamento da trajetória da Educação Infantil na direção de uma formação global.

ENSINO FUNDAMENTAL

 

Na Escola Planeta Terra, proporcionamos um ambiente de convívio democrático, onde todos se percebem protagonistas, aprendendo a trabalhar em grupo, a negociar soluções para os conflitos e a ouvir opiniões diferentes da sua, construindo sua identidade na direção da independência ao final do Ensino Fundamental I e de sua autonomia ao final do Ensino Fundamental II.
 

Em relação aos conteúdos, propiciamos o domínio da língua materna falada e escrita, bem como da língua inglesa, os princípios matemáticos e científicos, o desenvolvimento da noção de espaço e tempo vivenciado e representado, compreensão e análise da história e da filosofia, além da alfabetização e domínio na arte, música, literatura, atividades lúdicas e esportivas.
 

Ao término do Ensino Fundamental, esperamos que nossas alunas e alunos atinjam plenamente o desenvolvimento de suas habilidades e competências que deverão ser aprofundadas no Ensino Médio.

ENSINO MÉDIO

Nesta etapa, os conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental são aprofundados e consolidados, valorizando a investigação, a construção de hipóteses e verificação de sua viabilidade e ampliação do repertório teórico.
 

O estudante, nessa fase, se apropria de sua condição de sujeito crítico, criativo e autônomo, capaz de fazer escolhas e responsabilizar-se por elas. É preparado para o trabalho e para o exercício da cidadania, de modo a ser capaz de se adaptar com flexibilidade às novas condições de ocupação.